terça-feira, 10 de novembro de 2015

Estudantes de Jornalismo da Uniso são finalistas na premiação de Direitos Humanos da Associação Sorocabana de Imprensa

O anúncio dos vencedores será na próxima terça-feira (17) em Sessão Solene na Câmara Municipal de Sorocaba, às 19h30

A Associação Sorocabana de Imprensa (ASI) definiu os finalistas do 15º Prêmio Jornalístico ASI/Schaeffler de Direitos Humanos. Entre os nomes divulgados estão três estudantes do curso de Jornalismo da Universidade de Sorocaba (Uniso), que concorrem ao Troféu “Paulo Fleury”, da categoria “Estudante”, além de um prêmio em dinheiro e da inscrição automática, para o primeiro colocado, na categoria especial que leva o nome do jornalista Tim Lopes, assassinado por traficantes de drogas no Rio de Janeiro em 2002.
A aluna Jéssica dos Santos Nascimento concorre com reportagem publicada no jornal Diário de Sorocaba sobre seis imigrantes haitianos que moram em Sorocaba: “Eles deixaram famílias, filhos, esposas e vieram atrás de emprego e de qualidade de vida melhor”, diz. Os imigrantes moram juntos, dividindo o aluguel e “comendo o básico, com a ajuda de uma igreja”, explica a estudante.
Jéssica conta ainda que inscreveu seu texto por entender que o tema trata de “algo que está presente no nosso cotidiano”. “Acho que a existência deles aqui merece ser vista e acolhida. Fiquei muito feliz quando soube que era finalista. Só de estar entre as três melhores matérias, já sou mais do que campeã”, completa.
O hijab, vestimenta típica das mulheres muçulmanas, composto por uma túnica na altura dos joelhos, usada sobre calças e acompanhada de um véu que cobre os cabelos e o pescoço, foi o tema da reportagem de Larissa Pessoa, publicada no Jornal Cruzeiro do Sul. Larissa sugeriu a pauta a seus editores baseando-se num evento aberto promovido por uma aluna Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), chamado “Véu: liberdade ou opressão”.
No evento, a aluna da Uniso que cumpre estágio no jornal, teve a oportunidade de conhecer a história de Larissa Sato, uma jovem de 18 anos que decidiu usar o hijab como maneira de diminuir o assédio sofrido nas ruas. Com a experiência, a estudante resolveu montar uma edição em Sorocaba do World Hijab Day, em que mulheres aderem, por 24h, ao uso do hijab. A apuração jornalística de Larissa Pessoa foi relatada na reportagem, que também trouxe uma visão feminista dos assédios cotidianos sofridos por mulheres, de acordo com as declarações das participantes da ação.
O último finalista desta categoria é Lucas Montenegro, que publicou a reportagem “Eles querem reescrever as próprias histórias” no Caderno de Domingo do Jornal Cruzeiro do Sul, em pauta cumprida para a Agência Experimental de Jornalismo da Uniso. O texto é sobre os adolescentes internos do Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente (Fundação Casa III) que fica em Sorocaba.
Para Montenegro, a reportagem foi selecionada porque “apresenta um outro lado do cotidiano dos adolescentes que estão internados na Fundação Casa”. “A intenção foi mostrar que existe um trabalho educativo e até mesmo civilizatório no local. Muitos destes internos se interessam em mudar de vida e há gente trabalhando com afinco para ajudá-los nessa jornada”, explica.
A publicação da matéria coincidiu com um fator específico em pauta no Brasil. “A discussão sobre a redução da maioridade penal estava a todo vapor na época da publicação da reportagem e, com isso, a matéria tomou outra perspectiva, se tornou mais interessante, por causa do debate público que se instaurou”, comenta Montenegro.
Para a coordenadora do curso de Jornalismo da Uniso, Andrea Sanhudo, a indicação de três estudantes da universidade ao prêmio demonstra a “qualidade e tradição do curso. “Há, por parte da instituição e dos professores, uma extrema dedicação na formação dos alunos, que faz com que muitos dos nossos jornalistas estejam atuando profissionalmente no mercado de imprensa da região”, comenta.
A entrega dos prêmios será realizada no dia 17 de novembro, às 19h30, sem Sessão Solene na Câmara Municipal de Sorocaba. A classificação dos trabalhos também será no mesmo dia.

Texto: Henrique Belquior, Agência JOR/Uniso

0 comentários:

Postar um comentário