terça-feira, 10 de novembro de 2015

Terapia Ocupacional promove minicurso sobre a importância da postura em cadeiras de rodas

O I Simpósio Regional de Terapia Ocupacional e o II Encontro de Egressos do Curso de Terapia Ocupacional foram realizados nesta semana como parte da 1ª Mostra de Atividades Acadêmicas (MAAC) da Uniso. Um dos temas abordados nesta sexta-feira (6) foi a “Adequação Postural em Cadeiras de Rodas”, ministrada pelo terapeuta ocupacional Bruno Soares Segamarchi, da Rede de Habilitação Lucy Montoro.
Segarmachi destaca a importância de uma cadeira de rodas apropriada e como é feita a adequação para cada paciente. “É preciso analisar a realidade do cadeirante, saber como é a casa, para não correr o risco de a cadeira não passar pela porta, por exemplo,”, explica.
Na Rede Lucy Montoro, mantida pelo Governo do Estado de São Paulo, a Equipe de Serviço para Cadeiras de Rodas faz uma avaliação individual com o paciente e a partir disso é feita a seleção da cadeira, o financiamento, aquisição, preparação do produto. Depois é feito um treinamento do usuário, para que ele aprenda como usar a cadeira de rodas de forma adequada. De acordo com Segarmachi, o paciente deve se sentir confortável na cadeira e “quando aprende a usar a cadeira e deixa de depender de terceiros, sua vida social e seu humor melhoram muito”.
O terapeuta ocupacional também falou sobre os problemas que podem ser causados pela má postura na cadeira de rodas, como úlcera ou feridas causadas por pressão na pele por ficar sentado ou deitado na mesma posição por muito tempo e se essa pressão não for aliviada pode causar uma úlcera.
“É muito interessante voltar à universidade agora, como um colega de profissão, porque quando nós estamos na faculdade há muito receio do mercado de trabalho e com esse tipo de evento, é possível ajudar o aluno a se direcionar para diferentes áreas da profissão”, avalia Bruno.


Texto: Juliana Martins Agência/JOR Uniso
Fotos: Jimena Villalobos, Agência/JOR Uniso

0 comentários:

Postar um comentário