sexta-feira, 15 de abril de 2016

Campanha Lacre do Bem é lançada na Cidade Universitária

A campanha Lacre do Bem, organizada pelos cursos de comunicação da Universidade de Sorocaba, foi lançada nos períodos da manhã e da noite dessa quarta-feira (13), na Cidade Universitária. A iniciativa, uma atividade integrada entre Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Relações Públicas, em parceria com a CCR ViaOeste, tem como objetivo trocar lacres de alumínio por cadeiras de rodas.
O lançamento contou com ações em todos os blocos do campus, próximo às cantinas, onde haverá arrecadação permanente dos lacres nos coletores instalados e identificados da campanha. Os lacres retirados das latinhas de bebidas devem ser colocados em garrafas pet de dois litros. São necessárias 140 garrafas cheias de lacres, totalizando aproximadamente oitenta quilos de alumínio, para obter uma cadeira de rodas.
Alunos do curso de Publicidade e Propaganda, organizados em suas respectivas agências, ficaram responsáveis pela elaboração de cartazes e estratégias para o lançamento da campanha em cada um dos blocos da universidade, o que garantiu ações diferenciadas, com interação na hora do intervalo, para chamar a atenção dos estudantes de todos os cursos. Essas atividades foram organizadas por alunos do primeiro período de Publicidade, como parte das disciplinas de Marketing, Percepção e Criatividade e Práticas Profissionais, sob a coordenação dos professores Neliane Leone e Gilberto Caserta. Também participaram os alunos do primeiro período noturno de Jornalismo, dentro da disciplina Percepção e Criatividade.
A exposição da campanha foi definida por cada agência com base em uma pesquisa de perfil do público realizada pelos próprios alunos, de forma que aproximasse os estudantes do projeto sem fugir do seu conceito inicial. A identidade visual da campanha, com o conceito, idealização e criação do logotipo “Lacre do Bem”, é assinada pela Agência Experimental de Publicidade e Propaganda – Cria da Casa. Já o slogan “Reciclando atitudes” foi escolhido em um concurso entre as agências do primeiro período de Publicidade.
“Não jogue fora a felicidade de alguém, seu lacre vale um sorriso, doe. Ou seja, doando você consegue fazer alguém feliz ”, diz o aluno Luiz Ricardo Benatto Junior, da agência Making, responsável pela divulgação do bloco B. De acordo com ele, o objetivo é mostrar que participando da campanha é possível auxiliar um deficiente físico que muitas vezes não tem condições de comprar uma cadeira. Segundo a aluna Bianca de Jesus, da agência T3, seu grupo se baseou em um tema atual, que acaba atraindo pessoas de diferentes idades. “Fizemos uma pesquisa e identificamos que nosso público gosta de personagens da Marvel e da DC. E como será lançado o filme Guerra Civil, trabalhamos com isso”. Seu grupo explorou as divisões entre os personagens Capitão América e Homem de Ferro, permitindo que cada um depositasse o lacre dependendo da sua preferência. “Como o Homem de Ferro é um anti-herói e ele está mudando, pensamos em trazer essa questão de “Reciclando Atitudes” como uma mudança do público”.
Rafaela Fioravanti Lisboa, aluna de Publicidade no período noturno, destaca que a estratégia teve como foco conquistar o apoio dos estudantes, mas também tem o fator motivacional dos próprios participantes. “Como o objetivo é arrecadar o máximo de garrafas cheias de lacres de alumínio, com esse trabalho, podemos ajudar muitas pessoas que necessitam dessa ajuda”, comentou a estudante comentando a ação de sua equipe. “Trouxemos objetos como placas, máscaras e balões de fala, por exemplo, para que os alunos interajam conosco”.
Neliane Leone, coordenadora do curso de Publicidade e Propaganda, avalia a atividade como um grande aprendizado devido à integração de diferentes áreas para um mesmo propósito. “Nós temos uma prática nos primeiros semestres que é desenvolver um trabalho integrado de disciplinas sempre com uma ação social. Como Jornalismo trouxe a proposta da campanha, incorporamos esse projeto”.
Coordenadora do curso de Jornalismo, a professora Andrea Sanhudo conta que o projeto começou com a professora Evenize Batista. “Ela já desenvolve essa ação junto com a prefeitura de Votorantim e resolveu, então, trazer a ideia para dentro da nossa universidade”. Sanhudo também comentou sobre o destino das cadeiras que serão doadas à Uniso. “A reitoria vai determinar para onde elas vão, já que a Uniso auxilia várias entidades do terceiro setor e é parceira em diversos projetos. Algumas também devem ficar dentro da Universidade, pois a ideia é criar um banco de cadeiras que serão emprestadas a alunos, professores e funcionários que tenham essa necessidade”.
Não há prazo para encerramento da campanha e os cursos de Jornalismo, Publicidade e Relações Públicas estarão envolvidos na manutenção e divulgação da campanha internamente. As criações dos alunos de Publicidade permanecerão nos térreos de cada bloco da Cidade Universitária, com cartazes e mensagens informativas e de motivação, bem como com as garradas coletoras para colocação dos lacres.

Confira a galeria, aqui.
_____________________________________________
Texto: Giulia Vasovino e Cláudio Mascaro Júnior, com colaboração de Lucas Antônio, Lauren Olivieiro e Neto Martini 
Fotos: Giulia Vasovino e Cláudio Mascaro Júnior, Agência JOR/Uniso

0 comentários:

Postar um comentário